SUBMISSÃO DE TRABALHOS

NOVO PRAZO (NÃO MAIS PRORROGÁVEL)

Prazo para submissão de trabalhos nas modalidades Simpósio, Comunicação Oral e Painel: até 30/03/2015

1. Modalidades para Apresentação de Trabalhos:

· Simpósio

Tem como objetivo a apresentação de relatos de pesquisa sobre um mesmo tema, desenvolvidos por pesquisadores distintos, podendo pertencer a mesma instituição. A duração dos simpósios será de 1h30min, com a participação de no mínimo 3 e no máximo 4 apresentadores. O proponente deverá convidar os demais participantes e enviar informações sobre o título e o resumo expandido geral do simpósio, acrescidos dos títulos e resumos expandidos ou trabalhos completos individuais de cada participante, em arquivo único. O resumo expandido geral do simpósio, bem como os resumos expandidos individuais ou trabalhos completos individuais serão apreciados pela Comissão Cientifica. Esta é a única modalidade em que os participantes têm a opção escolher entre submeter seus trabalhos individuais em formato de resumo expandido ou em formato de texto completo. A escolha por uma opção ou por outra deve ser a mesma para todos os participantes do simpósio proposto, para fins de padronização.

· Comunicação Oral

São relatos breves de investigações empíricas, conceituais, históricas ou metodológicas. Sua duração será de 15 minutos de apresentação por trabalho. Para esta modalidade, somente serão aceitos trabalhos no formato de resumo expandido. Cada proponente deverá enviar seu resumo expandido conforme as normas para submissão de trabalho. As sessões de comunicações orais serão organizadas pela Comissão Científica com base no eixo temático escolhido (ver ponto 3 abaixo) e/ou palavras‐chave informadas, consistindo em blocos compostos por duas a cinco apresentações consecutivas.

· Painel

São trabalhos gráficos sobre relatos de pesquisas nas diversas áreas da Psicologia.  Para esta modalidade, somente serão aceitos trabalhos no formato de resumo expandido. Cada proponente deverá enviar seu resumo expandido conforme as normas para submissão de trabalho. O painel deverá apresentar uma síntese da pesquisa contendo: título, autores, filiação, introdução, método, resultados, discussão e referências bibliográficas (seguindo as normas da APA). Com qualidade estética e atrativa aos participantes, no tamanho de 80 centímetros de largura e 1 metro de comprimento, um painel deve facilitar a visualização das informações, maximizando figuras, esquemas e tabelas, com letras impressas em tamanho que se possa ler a 2 metros de distância. Cada painel ficará exposto durante um período do dia (manhã ou tarde) em suporte apropriado e haverá um horário designado para a avaliação do trabalho (cerca de 10 min. cada), sob a coordenação de um debatedor indicado pela Comissão Científica.

 

2. Normas e Formato de Textos para Submissão dos Trabalhos:

· Diretrizes para Autores: Para submissão de propostas é necessário que o autor que apresentará o trabalho já tenha realizado sua inscrição e efetuado o pagamento da mesma. O valor da inscrição não será devolvido caso o trabalho não receba o aceite da Comissão Científica. O nome do autor que apresentará o trabalho no evento deverá ser seguido por asterisco (*). A submissão da proposta poderá ser realizada mediante o acesso a área restrita.

· Resumo expandido: No caso de resumo expandido, o texto deve ter de três a cinco laudas, contendo título, introdução, objetivos, método, resultados e discussão, conclusão (estes itens não precisam estar descritos de modo separado no corpo do texto) e referências. Letra em Times New Roman, 12, espaçamento 1,5, justificado, margens superior, inferior, esquerda e direita de 2,5 cm. PARA SUBMISSÃO DE SEU TRABALHO, NA SEÇÃO ANEXOS, BAIXE O ARQUIVO MODELO.

· Texto completo: Somente serão aceitos para a modalide Simpósio. No caso de texto completo, o texto deve ter de dez a quinze laudas, contendo título, introdução, objetivos, método, resultados e discussão, conclusão e referências (estes itens não precisam estar descritos de modo separado no corpo do texto, porém, o texto deve estar dividido em subtítulos). Todo o corpo do texto em Times New Roman, 12, espaçamento 1,5, justificado, margens superior, inferior, esquerda e direita de 2,5 cm. PARA SUBMISSÃO DE SEU TRABALHO, NA SEÇÃO ANEXOS, BAIXE O ARQUIVO MODELO.

No caso de Simpósio, o resumo expandido da proposta (seguindo as mesmas normas acima) deve ser encaminhado discriminando o nome do coordenador. Os três demais resumos expandidos individuais ou os três trabalhos completos individuais que compõem o simpósio deverão ser anexados conjuntamente e sequencialmente, no mesmo arquivo. Lembre-se que, somente na modalidade de Simpósio, os participantes têm a opção escolher entre submeter seus trabalhos individuais em formato de resumo expandido ou em formato de texto completo.

2.1. Padrão Bibliográfico:

Padrão: APA (sistema autor-data).

Citações diretas com menos de quarenta palavras: entre aspas, inseridas no corpo do texto, seguida pelo número das páginas do texto original entre parênteses. Usar aspas simples dentro de aspas duplas para isolar o material que, na fonte original, estava incluído entre aspas duplas.

Citações diretas a partir de quarenta palavras: em bloco, sem aspas, em fonte Times New Roman, 11, iniciado em uma nova linha com recuo de cinco espaços da margem esquerda (mesma posição de um novo parágrafo). As linhas subsequentes devem ser digitadas em alinhamento com o recuo. No final da citação em bloco, depois do sinal de pontuação final, segue-se o número das páginas do texto original entre parênteses.

Citações indiretas devem ser evitadas sempre que possível, mas no caso de serem imprescindíveis seguem a forma: Pierce (citado por Murphy, 1990).

Expressões em língua estrangeira: itálico.

Exemplos de citação: Pessotti (1984, p. 30). (Pessotti, 1984, p. 30).

2.2. Referências:

A palavra Referências deve ser centralizada, em negrito, e somente com a inicial em letra maiúscula.

As referências deverão ser organizadas a partir dos sobrenomes dos autores, dispostos em ordem alfabética.

Exemplos de formatação das Referências:

  • Livros

Darwin, C. (2009). A origem das espécies por meio da seleção natural ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida. (A. C. Mesquita, Trad.). São Paulo: Escala. (Trabalho original publicado em 1872).

James, W. (1890). Principles of psychology. New York: Henry Holt and Company.

  • Capítulos de Livros

Lewin, K. (1950). Will and needs. In W. D. Ellis (Org.), A source book of Gestalt Psychology. (pp. 283-299). New York: The Humanities Press.

Ramos, H. (2003). Neurose na infância não é nenhum bicho-papão. In M. A. M. Fernandes (Org.), Quando uma criança precisa de análise? (pp. 75-86, Coleção 1a Infância). São Paulo: Casa do Psicólogo.

  • Artigos em periódicos científicos

Dias, M. G. B. B., Sobral, A. B. C., & Carvalho, L. M. (2001). O desenvolvimento da Lógica Mental Predicativa entre crianças de diferentes níveis socioeconômicos. Estudos de Psicologia, 6, 167-175.

  • Trabalhos em anais de eventos

Engelmann, A. (1991). Bases teóricas da psicologia. In Reunião Anual de Psicologia, 21. Ribeirão Preto: São Paulo. Anais. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Psicologia. pp. 213-6.

  • Teses e Dissertações

Longhi, A. J. (2005). A ação educativa na perspectiva da teoria do agir comunicativo de Jürgen Habermas: Uma abordagem reflexiva. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Estadual de Campinas – Faculdade de Educação, Campinas

Dúvidas específicas sobre citações no formato da APA podem ser sanadas no endereço: http://www.ip.usp.br/portal/images/stories/manuais/normalizacaodereferenciasapa.pdf

2.3. Itens de Verificação para Submissão

A apresentação de seu trabalho ocorrerá impreterivelmente no dia e horário definidos pela Comissão Científica.

O arquivo de submissão deverá estar no formato PDF.

No momento da submissão de seu trabalho, escolha um eixo temático em conformidade com sua proposta e de acordo com as opções abaixo.

 

3. Eixos temáticos: 

  • Educação: Contribuições que se situem na interface da Psicologia com as Políticas de Educação e Direitos Humanos, abrangendo tanto a educação escolar quanto a educação no sentido lato que se dá nas demais esferas da vida social, envolvendo o atual debate sobre educação/formação como direito, dispositivo de cidadania e condição de aprofundamento da democracia. Também envolve estudos críticos em relação à formação profissional: propostas político-pedagógicas, relações teoria-prática, competências, habilidades e conteúdos diretamente relacionados à Psicologia, ferramentas conceituais e metodológicas etc.

  • Saúde: Trabalhos desenvolvidos na interface da Psicologia e Políticas de Saúde, abrangendo também a dimensão coletiva e cultural dos processos aí implicados, e que buscam fortalecer o diálogo com os diferentes níveis de atenção à saúde, inserindo-se no atual debate sobre saúde como direito humano e condição de cidadania.

  • Trabalho: Estudos e experiências que discutam a relação trabalho e modos de subjetivação tomando como ponto central de articulação os efeitos das transformações contemporâneas e das políticas destinadas à geração de trabalho e renda. Abarca a diversidade de ferramentas conceituais e metodológicas desenvolvidas pela psicologia na interface com outras disciplinas que se dedicam a este campo de pesquisa-intervenção, dando atenção especial a estudos e pesquisas que discutam o trabalho degradante e o trabalho escravo. 

  • Assistência Social: Estudos e experiências que discutam a inserção e atuação dos psicólogos nas políticas e assistência social. Acolhe trabalhos que promovam o debate sobre as práticas construídas no âmbito da Assistência Social e do Sistema Jurídico e Prisional e que fazem a interface entre a Psicologia e os Direitos Humanos.

  • Gênero, Sexualidades e Intersecções: Experiências e estudos que focalizam as relações de poder que configuram práticas e posições de sujeito a partir de marcadores sociais como: sexo-gênero, orientação sexual, diversidade corporal, ruralidade, territórios de existência, deficiência, raça-etnia, idade-geração, entre outros.

  • Mídia, Cultura e Arte: Trata das contribuições que envolvem as produções discursivas e sociotécnicas em contextos midiáticos, os processos de subjetivação mediados pela comunicação globalizada na sociedade contemporânea e as diversas formas de arte e sua relação com a Psicologia. Acolhe ainda trabalhos que realizam a interface entre diferentes Políticas e Projetos Sociais e Culturais que têm como foco a garantia e promoção dos Direitos Humanos.

  • Cidade e Meio Ambiente: abrange estudos e experiências que articulam questões relacionadas à vida urbana em suas interfaces com o meio ambiente, incluindo aí a ocupação não regular do território decorrente tanto da especulação imobiliária como das necessidades de sobrevivência da população mais vulnerável. Acolhe trabalhos que inter-relacionam políticas urbanas, direitos sociais e o enfrentamento de desastres que evidenciam as fragilidades dos modelos atuais de governança e ação pública.

  • Estado, Democracia e Movimentos Sociais: Trabalhos que inscrevem a Psicologia como dispositivo de luta pela garantia dos direitos de cidadania, que focalizem os processos de democratização da sociedade brasileira e reflexões sobre a política e o político. Acolhe trabalhos sobre formulação, implementação, análise e controle social de políticas públicas, estudos e intervenções direcionados a diferentes práticas comunitárias, organizativas, grupos/movimentos sociais formais ou informais, comunidades rurais, experiências de interação em espaços urbanos ou rurais, bem como junto a povos e comunidades tradicionais, e ainda, trabalhos na perspectiva da psicologia intercultural.

  • Epistemologia e Pesquisa em Psicologia: Questões teóricas e/ou metodológicas; trabalhos que discutem diferentes perspectivas históricas e teóricas da psicologia, bem como pressupostos epistemológicos e metodológicos na produção do conhecimento em Psicologia.

  • Políticas de Igualdade Racial e Étnica no Brasil: Realizar reflexão crítica acerca das políticas de igualdade racial e étnica no Brasil com foco no histórico das políticas de ação afirmativa no país, na elaboração de um panorama sobre as lutas sociais e políticas públicas relacionadas à população negra e sobre a questão indígena considerando a luta pela demarcação das terras, identidade e preservação da cultura.

 

4. Declaração de Direito Autoral

Autores que submetem a esta conferência concordam com os seguintes termos:

a) Autores mantém os direitos autorais sobre o trabalho, permitindo à conferência colocá-lo sob uma licençaLicença Creative Commons Attribution, que permite livremente a outros acessar, usar e compartilhar o trabalho com o crédito de autoria e apresentação inicial nesta conferência.
b) Autores podem abrir mão dos termos da licença CC e definir contratos adicionais para a distribuição não-exclusiva e subseqüente publicação deste trabalho (ex.: publicar uma versão atualizada em um periódico, disponibilizar em repositório institucional, ou publicá-lo em livro), com o crédito de autoria e apresentação inicial nesta conferência.
c) Além disso, autores são incentivados a publicar e compartilhar seus trabalhos online (ex.: em repositório institucional ou em sua página pessoal) a qualquer momento antes e depois da conferência.

 

5. Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados ao CIPSI serão usados exclusivamente para os serviços prestados por este evento, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 

SE VOCÊ JÁ SE INSCREVEU E EFETUOU O PAGAMENTO, SUBMETA SEU TRABALHO, CLIQUANDO AQUI

 

Anexos


Nome do arquivo Download
SUBMISSÃO DE TRABALHO_Arquivo modelo_CIPsi.doc